Úlcera

21 Out, 2012

Úlcera é uma frida aberta e inflamada na pele ou numa membrana mucosa que reveste interiormente uma cavidade do organismo, com pouca tendência para cicatrização espontânea.

ÚLCERAS PÉPTICAS: Ocorrem no estômago (úlcera gástrica) e no duodeno (úcera duodenal), a parte do tubo digestivo que se segue à extremidade inferior do estômago. As úlceras pépticas são mais frequentes nas pessoas que estão habitualmente tensas e ansiosas.

A dor, o sintoma mais comum da úlcera péptica, aumenta quando o estômago está vazio e é frequentemente aliviada por meio da ingestão de qualquer alimento sólido, leite, bicarbonato de sódio ou outro antiácido. Podem surgir náuseas e vómitos. Se não for tratada, a úlcera péptica pode provocar graves complicações que exigem tratamento de emergência num hospital.

O aparecimento de dores frequentes na região do estômago não indica necessariamente a existência de uma úlcera, mas deve considerar um aviso. Deve-se consultar um médico poderá mandar fazer um certo número de análises e de radiografias seriadas gastrintestinais.

TRATAMENTO: Não há uma cura fácil e rápida para a úlcera péptica. O tratamento consiste num contrõle cuidadoso da alimentação, que deve constar de frequentes refeições constituidas por leite e outros alimentos leves. O álcool, o tabaco, o chá, o café e os alimentos condimentados terão de ser evitados.

O médico poderá também receitar medicamentos para neutralizar a acidez do suco gástrico. Além disso, é necessário fazer todos os esforços para evitar as preocupações e a tensão. Por vezes, o uso de barbitúrios e de outros sedativos é prescrito com esse objetivo. Pode também ser útil recorrer a um psiquiatra.

OUTROS TIPOS DE ÚLCERAS: A colite ulcerosa é uma afeção que se manifesta na parte inferior do tubo digestivo.

As úlceras da boca acompanham frequentemente doenças como a difteria a leucemia e a angina de Vicent. A sífilis pode também manifestar-se por úlceras. Uma má circulação sanguínea, associada a afeções como varizes, diabetes e endurecimento das artérias, pode dar origem a úlceras, especialmente nos membros inferiores. As escaras de decúbito são causadas pela combinação de uma pressão contínua e uma circulação deficiente. A neoplasia da pele é uma forma de neoplasia do seio são caraterizadas pelo aparecimento de úlceras.