Teste tuberculose

12 Set, 2012

Teste que se destina a determinar se já houve contágio com a tuberculose. Uma pequena quantidade de um derivado proteico purificado da tuberculina é colocado na pele. Se num período de dois dias, não aparecer uma inflamação à volta do local da inoculação, considera-se que ainda não houve contágio com a tuberculose. A inflamação indica sempre a presença de um contágio; contudo, é necessário proceder a radiografias e outras análises para esclarecer se o contágio provocou lesões tuberculosas ativas. Existem três tipos de teste da tuberculina: o percutâneo, em que a tuberculina é colocada apenas em contacto com a pele (conhecido vulgarmente pelo nome de prova de adesivo); o cutâneo, ou teste de Von Pirquet, em que a tuberculina é colocada numa escarificação da pele, e o intradérmico, ou teste de Mantoux, em que a tubercolina é injetada dentro da pele, Este último tipo usa-se habitualmente nos adultos.