Terapêutica física

Terapêutica físicaTerapêutica fisíca é o tratamento de uma lesão, uma incapacidade ou defeito físico por meio de massagens, calor, exercícios e outros processos exteriores. A terapêutica física é designada por fisioterapia. As pessoas que têm de permanecer no leito ou numa cadeira de rodas durante longos períodos de tempo necessitam de recorrer à fisioterapia para evitar os efeitos prejudiciais da falta de exercícios físicos.

O exercício das partes do corpo afetadas constitui uma forma de fisioterapia muitas vezes combinada com massagens. Tanto os exercícios como as massagens podem ser iniciados quando o doente se encontra ainda na cama, como nos casos de poliomielite e de congestão cerebral. Os músculos e as articulações são movidos primeiramente pelo terapeuta (exercícios passivos), a fim de evitar a rigidez das articulações ou reduzir os seus efeitos. Mais tarde, o doente é encorajado a colaborar (exercícios ativos). Pode-se também recorrer à hidroterapia, que inclui exercícios numa piscina ou tanque especiais, onde a impulsão da água diminui o esforço muscular.

Os tratamentos pelo calor são especialmente indicados para aliviar as dores e diminuir a rigidez, nos casos de artrite. O calor pode ser administrado por meio da aplicação de compressas quentes, de parafina quente e derretida, de raios infravermelhos, ou ainda da imersão das zonas afetadas em água quente. O método Kenny consiste na aplicação de compressas durante a fase aguda da poliomielite, a fim de diminuir os seus efeitos.

A fisioterapia é geralmente administrada em estabelecimentos hospitalares, por pessoas especializadas, denominadas «terapeutas». Os terapeutas devem trabalhar segundo a orientação de um médico especialista em medicina física e reabilitação. Outras pessoas, ou mesmo o doente, podem aprender a pôr em prática, nas suas próprias casas, certos exercícios e tratamentos.