Soro

23 Nov, 2012

1) A parte amarelada, aquosa e transparente do sangue. É o que resta do sangue após a remoção, por coagulação, dos seus constituintes sólidos. O processo da coagulação separa certos fatores coagulantes dissolvidos no sangue. O plasma sanguíneo contém esses fatores, ao contrário do soro. Este contém numerosas substãncias dissolvidas, tais como elementos nutritivos, vários sais e uma grande variedade de proteínas, incluindo a gamoglobulina.

2) Solução muito diluída de cloreto de sódio, glicose ou outras substâncias que se administra, geralmente por via endovenosa, em certas situações patológicas, tais como o choque, hemorragias extensas, desidratação e intervenções cirúrgicas.

3) Soros provenientes do sangue de certos animais, geralmente do cavalo, que foram imunizados contra bactérias ou toxinas responsáveis por certas doenças. Estes soros (antitoxinas) são utilizados no tratamento de difteria, tétano, gangrena gasosa, carbúnculo e muitas outras doenças infeciosas.