Sistema linfático

25 Set, 2012

O sistema linfático consiste numa rede de vasos distribuidos pelo organismo. Recebe os líquidos provenientes dos diversos tecidos e lança-os na corrente sanguínea através de duas grandes veias situadas na base do pescoço. Em toda a extensão do sistema linfático existem disseminadas pequenas massas de tecido esponjoso, os nódulos, ou gânglios linfáticos. São particularmente numerosos no pescoço, nas axilas e nas virilhas. Os gânglios linfáticos desempenham três funções conhecidas: 1) Formação dos linfócitos ; 2) Ação de filtragem, que consiste na remoção de bactérias e outros corpos estranhos (como, por exemplo, minúsculas particulas de tecido morto) da circulação; 3) Produção de anticorpos que atuam contra as infeções específicas.

Em casos de infeções, os gânglios linfáticos aumentam de atividade, tornando-se por vezes mais volumosos e dolorosos. Por exemplo, uma constipação acompanhada de inflamação da garganta provoca frequentemente dolorosas intumescências no pescoço, que são, na realidade, gânglios linfáticos inflamados. Qualquer aumento de volume dos gânglios linfáticos, quer seja ou não acompanhado de dor, requer cuidado médico.