Sintomas de bulimia

22 Ago, 2011

Cerca de 1% da população em geral é atingida por esta enfermidade. Tem uma forte incidência no sexo feminino e calcula-se que  atinge mais a idade  entre os 18 e os 30 anos de idade.

Os sintomais mais específicos da doença são a sensação de ter excesso de peso sem fundamento, alimentação exagerada sem aumento de peso, vómitos  autoinduzidos a seguir à refeição, obsessão por exercícios físicos, uso regular de laxantes e diuréticos com vista à redução de peso, inflamação da garganta, azia e cáries dentárias, mudança de humor e descontrole, fraqueza, depressão, ansiedade, obstipação, sentimento de exaustão e menstruação irregular.

A doença desenvolve-se quando existe o medo exagerado de engordar e crê-se que este é um factor biológico, cultural, familiar ou psicológico, pois dá-se ênfase ao aspecto corporal, esquecendo todo o resto. Sabe-se também que a falta de confiança e baixa auto estima são os pontos mais cruciais para o desenvolvimento da doença. Os bulímicos comem com tanto exagero que chegam ao cúmulo de ingerir 20 000 calorias de uma só vez.