Sífilis

9 Fev, 2013

SífilisAtualmente, graças à penicilina e a outros medicamentos a sífilis pode ser tratada com êxito. Não obstante, continua a ser uma doença grave, responsável por grande número de mortes.

Na maior parte dos casos, a sífilis é contraída através do ato sexual. Ao contrário do que muitas pessoas receiam, esta doença não é transmitida por contato com instalações sanitárias.

Qualquer ulceração nos órgãos sexuais deve ser urgentemente examinada pelo médico, a fim de este proceder ao respetivo diagnóstico. Em caso de sífilis, o tratamento deve ser iniciado imediatamente.

Se não for diagnosticada e tratada na sua fase inicial, a sífilis pode evoluir durante longos anos sem que se tornem evidentes os seus efeitos nocivos. Num estado avançado, os treponemas podem invadir todos os órgãos do corpo, causando a cegueira ou doenças graves dos ossos e articulações, da pele e dos órgãos internos. Por último, as formas de sífilis que atacam o sistema nervoso e o coração conduzem com frequência à morte.

Nos últimos tempos, tem-se verificado um recrudescimento da sífilis, aparentemente em conexão com a maior liberalização dos costumes.