Psicanálise

24 Mai, 2012

Este processo consiste em revelar as forças do subconsciente que influenciam o doente e que este não é capaz de voluntariamente consciencializar. O doente expõe ao psicanalista tudo aquilo que lhe acode ao espírito, assim como os seus sonhos.

Uma vez revelado o conteúdo do subconsciente, o doente experimenta melhoras. O conhecimento de si próprio torna-se mais forte, diminuindo o poder do subconsciente. Ele pode, a partir de então, passar a reagir de forma diferente.

No entanto, não é fácil para o indivíduo que, normalmente, levou muitos anos reagindo de forma destrutiva, modificar os seus hábitos, mesmo quando conhece a sua origem e sente grande desejo de mudá-los.