Preparativos para uma cirurgia

13 Jul, 2012

Há vários tipos de cirurgia. As operações de pequena cirurgia implicam pequenos riscos; as operações de grande cirurgia apresentam uma certa gravidade. Na maioria dos casos, as intervenções cirúrgicas são realizadas no momento mais oportuno tanto para o doente, como para o médico. Contudo, por vezes, é necessário efetuar uma operação de urgência.

Preparativos para uma operação: Em regra, nas vésperas da intervenção, o doente dá entrada no hospital onde o cirurgião normalmente opera. São recolhidas amostras de sangue e da urina do paciente para análise. O cirurgião pode requerer outros exames, tais como radiografias e tacs.

A operação: Todos os intervenientes na operação constituem uma equipa profissionalmente treinada, dirigida pelo cirurgião, que poderá ter um ou dois outros cirurgiões como assistentes. A equipa inclui ainda duas enfermeiras, que poderão ser assistidas por outras enfermeiras e ajudantes, e, finalmente, o médico anestesista, cujas funções se revestem de extrema importância. Ao anestesista compete administrar os anestésicos de modo que o doente não sinta quaisquer dores, observar a respiração, a pressão arterial e o batimento cardíaco e aplicar oxigénio, em caso de necessidade.