O que é uma cirurgia plástica?

30 Jul, 2012

A cirurgia plástica é o ramo da medicina que procura corrigir e reconstruir partes do corpo imperfeitas, deformadas, mutiladas ou inexistentes. Por meio da adaptação de aparelhos protéticos e do recurso a enxertos de tecidos, os cirurgiões plásticos podem atualmente reparar deformações com tal perfeição que estas se tornam dificilmente percetíveis.

Geralmente, a cirurgia plástica tem um objetivo estético, isto é, procura melhor a aparência da pessoas. Quando realizada apenas com esta finalidade, é designada por cirurgia estética.

A cirurgia plástica pode também corrigir determinados defeitos congénitos, tais como o lábio leporino e a fenda platina. Nestes casos, a intervenção cirúrgica não só melhora a aparência, mas também resolve as dificuldades de deglutição e da fala resultantes dessas malformações.

Na fabricação dos aparelhos protéticos são utilizados diversos materiais. Com o plástico, por exemplo, pode-se moldar uma orelha ou um nariz, ao qual é dada, posteriormente, a tonalidade da pele. Um olho de plástico ou de vidro pode ser ligado aos músculos oculares e, assim, mover-se de modo natural.

Recorre-se aos enxertos de pele para substituir os tecidos cutâneos quimados ou, por qualquer outra forma, destruídos. Em geral, para esse efeito, utiliza-se pele de outra parte do corpo da própria pessoa submetida à intervenção e mantém-se esta porção de tecido parcialmente ligado ao local de origem, até que a irrigação sanguínea se estabeleça no local onde foi realizado o enxerto. Frequentemente, emprega-se a cartilagem extraida das costelas para reconstruir o nariz ou outra parte do corpo formada por tecidos catilagíneos. As cartilagens e os ossos podem também ser conservados em bancos médicos, para serem oportunamente usados em enxertos e transplantações.