O ínicio do trabalho de parto

26 Jan, 2013

O inicio do trabalho de partoGeralmente, o trabalho de parto anuncia-se por um ou mais dos seguintes indícios:

SINAL DE PARTO. Consiste na expulsão, através da vagina, de muco ensanguentado, normalmente em pequena quantidade.

RUTURA DA BOLSA DAS ÁGUAS: Manifesta-se pela saída, através da vagina, de uma variável quantidade de líquido, sob a forma de um jorro ou de um lento derramamento.

CONTRAÇÕES DE PARTO: Os dois indícios anteriores descritos são bem evidentes; deve-se avisar o médico, ou recorrer a um hospital, logo que algum deles ocorrer. Porém, as contrações de parto são mais difíceis de identificar, principalmente se a mulher é primípara. Na realidade, ela pode ser induzida em erro por falsos sintomas de trabalho de parto, os quais, normalmente, consistem em contrações do útero a intervalos irregulares, acompanhadas, ou não, de dor. Por isso, importa saber que as verdadeiras contrações de parto são sempre:

Dolorosas. A dor pode ser ligeira, mas, em regra, vai aumentando até atingir um ponto máximo, extinguindo-se em seguida. No princípio, quando parece localizar-se nas costas, na região lombar, a dor assemelha-se a uma cólica; ao fim de algumas horas, transfere-se para a parte da frente do abdómen.

Regulares, ou rítmicas. Geralmente, mesmo no início, as verdadeiras contrações de parto surgem a espaços bastante regulares, com períodos de intervalo sem dor.

Acompanhadas por contrações do útero. As contrações do útero são facilmente percetíveis quando se coloca a mão sobre o abdómen.

Em geral, o médico pede que o chamem logo que as contrações se verifiquem aproximadamente de dez em dez minutos. Entretanto, mesmo antes de começarem as contrações, pode dar-se a rutura da bolsa das águas, mas o facto não deve causar preocupações.