Neurose de conversão

24 Mai, 2012

Esta neurose, difere da hipocondríaca, por se manifestar por um sintoma ou sintomas físicos, que apesar de não serem reais, num certo sentido da palavra, são ceratmente reais para a própria pessoa. Trata-se de uma afeção de uma simulação das afeções orgânicas mais variadas. A paralisia histérica constitui um caso típico. Um soldado, perante o grave conflito entre o desejo de ser corajosos e o receio de ser morto, sente subitamente as pernas paralisadas. Na realidade ele não está a fingir quando afirma não sentir as picadas de um alfinete que o médico lhe aplica nas pernas ao examiná-lo.

Pode acontecer também que seja atingida a memória. Na verdade, por vezes a memória e a personalidade dissociam-se parcialmente. Quando readquire a consciência da sua própria personalidade, o indivíduo não se recorda dos factos ocorridos durante o período de alteração de personalidade.