Mononucleose – sintomas

31 Out, 2012

Mononucleose é uma doença que se carateriza pela existência de um número anormalmente elevado de monócitos (um dos tipos de glóbulos brancos) no sangue circulante. A mononucleose é também conhecida pelas designações de «febre ganglionar», «mononucleose infeciosa» e «doença do beijo»; esta última designação baseia-se na crença popular de que esta doença se transmite através do beijo. Os seus sintomas incluem febre, dor de cabeça, garganta inflamada, fadiga e aumento de volume dos gânglios linfáticos.

A mononucleose é diagnosticada através de análises de sangue. É relativelmente frequente entre os jovens.

Esta afeção é provocada por virús. É geralmente benigna embora possa prolongar-se por muitas semanas. Por vezes, o baço aumenta de volume (esplenomegalia) e o fígado é atingido por uma forma de hepatite.

Não existe qualquer tratamento específico para a mononucleose, exceto o repouso no leito e a adoção de uma alimentação bem equilibrada,beba muita água,tome paracetemol para a febre e as dores,gargareje a garganta com água quente e sal.