Laceração

21 Dez, 2012

Lacereação é uma ferida irregular que se forma nos tecidos musculares ou em outros tecidos do organismo em consequência de um rasgão. Uma laceração pode ocorrer quer interna, quer externamente. As lacerações externas são frequentemente acompanhadas de sujidade ou da presença de qualquer corpo estranho. Pode-se tratar uma pequena laceração externa lavando-a com água e sabão e aplicando uma gaze esterilizada e uma ligadura. Quando a laceração for extensa e profunda e se apresentar muito suja, não deve ser tratada pela própria pessoa ferida. Se não sangrar demasiado, é necessário tentar estancar a hemorrogia fazendo pressão sobre a área afetada com um parche de gaze. Deve-se recorrer o mais depressa possível a um serviço de urgência de um hospital. Além de limpar a laceração, o médico pode ter de suturá-la e administrar uma injeção contra o tétano.

As lacerações internas são habitualmente mais graves que as externas. O figado e o baço podem ficar lesados em consequência de uma pancada no abdómen, por exemplo, pelo volante de um automóvel, num desastre de viação. Durante o parto podem ocorrer lacerações no colo do útero e na vagina. Certas pancadas na cabeça, mesmo que não dêem origem a fraturas ósseas, podem por vezes provocar lacerações nos tecidos cerebrais, de maior ou menor gravidade.