Insolação

16 Set, 2012

Insolação é uma grave perturbação geral do organismo, causada pela excessiva exposição ao calor do so,l ou ao ar demasiado quente, em locais com pouca ventilação. Os seus primeiros sintomas, dores de cabeça, sensação de fraqueza e tonturas, são semelhantes ao do golpe de calor, situação menos grave. Contudo, a insolação difere do golpe de calor porque provoca na vítima uma rápida subida de temperatura, que frequentemente ultrapassa os 40º C . A pele torna-se quente e seca e não há transpiração. Nos casos graves, podem surgir vómitos violentos, convulções e coma.

TRATAMENTO: Nesta situação de emergência, deve-se chamar prontamente o médico ou transportar a vítima ao hospital mais próximo.

O médico poderá prescrever a aplicação de sacos de gelo, banhos frios ou outros processos destinados a baixar a temperatura. Poderá ainda administrar líquidos contendo sal e sedativos, por meio de injeções intravenosas, se surgirem convulções. Mesmo depois de a temperatura se normalizar, o doente deve permanecer no leito durante vários dias.

PREVENÇÃO: Para prevenir as insolações, deve-se evitar a realização de atividades extenuantes em ambientes de temperatura demasiado elevada, especialmente sob sol escaldante. Quando for necessário trabalhar nestas circunstâncias, deve-se beber bastante água e ingerir doses de sal em comprimentos ou dissolvido em água, a fim de compensar as perdas destas substãncias por parte do organismo através da transpiração. É aconselhável o uso de um chapéu ou lenço que proteja a cabeça dos raios solares. Estes cuidados devem ser observados sobretudo pelas pessoas que já foram vítimas de uma insolação.