Histamina

5 Nov, 2012

Histamina é uma subtância existente em todos os tecidos do organismo. Normalmente, a maior parte da histamina permanece inativa. São libertadas apenas pequenas quantidades destinadas a estimular a produção de suco gástrico nas paredes do estômago ou a dilatar as paredes dos capilares.

Contudo, ocasionalmente, são libertadas grandes quantidades de histamanina, com efeitos irritativos e, por vezes, perigosos. Um excesso de histamina pode dilatar de tal modo os capilares que provoca um extravasamento de sangue para os tecidos adjacentes, produzindo vermelhidão e inchaço caraterísticos da inflamação. O estado de choque produz um aumento do teor de histamina no sangue.

Quando determinadas substâncias irritativas penetram no organismo ou são postas em contacto com a pele, verifica-se uma reação que liberta histamina em grandes quantidades, dando origem ao aparecimento dos sintomas da alergia. Certos compostos designados por «anti-histamínicos» são então prescritos para anular a ação da histamina.