Hérnia

8 Out, 2012

Hérnia é a projeção de uma porção de um órgão, formando saliência, como resultado do enfraquecimento do tecido que o rodeia. O termo «hérnia» é aplicado especialmente para designar a saída de uma ansa do instestino através da parede abdominal. A hérnia é popularmente conhecida pelo nome de «quebradura».

Hérnia inguinal: É este o tipo de hérnia mais generalizado. A área inguinal, ou virilha, é constituida pela parede abdominal situada próximo do ponto de ligação entre as coxas e o tronco. Quando sujeita a esforços, esta zona enfraquecida permite que o intestino irrompa, dando origem a uma saliência, ou hérnia. Ocasionalmente, a hérnia pode ficar estrangulada, uma ansa do intestino fica sujeita a uma constrição no ponto da parede abdominal enfraquecida onde se formou a saliência, o que impede a sua irrigação sanguínea. Todas as hérnias requerem cuidados médicos; se forem dolorosas, exigem assistência médica imediata.

Outros tipos de hénia: A hérnia crural forma-se na parte superior da coxa. No cistocelo, a bexiga faz saliência na vagina; no rectrocelo, o recto produz uma protuberância na parede da vagina ou no ânus. Na hérnia do hiato, uma parte do estômago passa através de uma abertura nos músculos do diafragma, produz sintomas semelhantes aos de uma úlcera e sinais de opressão torácica. A hérnia do estômago é denominada grastrocelo. A hérnia umbilical, que ocorre especialmente nas crianças, carateriza-se pela formação de uma saliência na área do umbigo. Além dos exemplos anteriormente referidos, existem numerosas outras espécies de hérnias, incluindo a hernia do cérebro.

Tratamento e pervenção: As hérnias são reparadas cirurgicamente, por meio de uma operação, em regra bastante simples. A utilização de uma funda não é normalmente recomendável.