Gonorreia – sintomas

9 Out, 2012

A gonorreia é uma uma doença venérea contagiosa, provocada por uma bactéria chamada «gonococo«. A gonorreia, ou blenorragia, é geralmente, embora nem sempre, transmitida durante o ato sexual. Quando detetada a tempo, é facilmente curável, mediante o emprego de antibióticos.

A blenorragia não é tão grave como a sífilis; contudo, pode provocar danos consideráveis, como, por exemplo, esterilidade ou artrite, nos adultos. Se for contraída durante a gravidez, pode ser transmitida à criança e causar-lhe cegueira, na ocasião do parto, no momento da passagem pela vagina. Por esse motivo, aplica-se nos olhos de todos os recém-nascidos uma solução de prata coloidal ou um preparo contendo penicilina.

SINTOMAS: Geralmente, cerca de uma semana após ter contraído a infeção, o homem pode experimentar uma sensação de ardor quando urina e pode também verificar a existência de um corrimento purulento no pénis. Na mulher, os sintomas levam mais tempo a manifestar-se; aparece um corrimento purulento na vagina e uma sensação de ardor durante a micção, por vezes acompanhados de dores no abdómen. Se não for dominada, a doença alastra, atingindo profundamente o sistema geniturinário.

PREVENÇÃO E TRATAMENTO: Para prevenir a gonorreia, deve-se evitar as relações sexuais com prostitutas e com todas as mulheres que possam ser portadoras da doença. O uso de um preservativo oferece uma certa proteção, o que não acontece com o diafragma vaginal.

Omédico é a única pessoa qualificada para tratar esta doença. O doente não deve tratar-se a si próprio, mesmo recorrendo à administração de antibióticos.