Golpe de calor

9 Out, 2012

Golpe de calor, exaustão e prostração causadas por uma excessiva exposição ao calor. Normalmente, a temperatura da vítima de um golpe de calor não ultrapassa os 37º C , devido ao arrefecimento provocado pela evaporação da transpiração. Quando a temperatura ambiente é elevada, verifica-se a desidratação do organismo, provocada pelo excesso de transpiração. À medida que o volume de líquido do organismo diminui, a circulação sanguínea é afetada.

O golpe de calor atinge especialmente as pessoas que apresentam problemas circulatórios, embora possa também afetar os indivíduos saudáveis quando o sistema de arrefecimento do organismo se encontra sobrecarregado. Manifesta-se por sintomas como palidez, pele húmida e fria, aceleração das pulsações e da respiração, tonturas e vómitos.

TRATAMENTO: Nesta situação, deve-se conduzir a vítima ao hospital próximo. Entretanto, deve-se deitar a vitima com a cabeça ligeiramente abaixo do nível do corpo, desapertar-lhe a roupa, envolvê-la em cobertores e  administrar-lhe água fria, ou sumo em que se dissolveu uma (colher de chá) de sal, repetindo a dose uma ou duas vezes. Devesse reconfortar a vítima, dando-lhe a beber café ou qualquer outra bebida quente, mas nunca álcool.

Pode-se prevenir o golpe de calor evitando o excesso de atividade durante o tempo quente, aumentando a dose de sal da alimentação e ingerindo a quantidade de líquidos necessária para compensar a desidratação causada pela transpiração excessiva.