Glândulas paratireóideas

18 Mai, 2012

Estas minúsculas glândulas, com o tamanho de pequeníssimas ervilhas, estão localizadas junto da glândula tireóidea, geralmente em dois grupos de duas, correpondendo cada grupo, a um lobo da tireóide.

As glândulas paratireóideas controlam, no organismoa, as trocas de cálcio e do fósforo, assim como a sua excreção pela urina.A sua hormona (parathormona) é fundamental para a normal cosntituição dos ossos.

Em caso de deficiente funcionamento das paratireóideas, altera-se o equilibrio da regulação do cálcio e o teor cálcico baixa no sangue (hipocalcemia), surgindo sintomas como espasmos e tetania dos músculos.

Em contrapardtida, quando existe hiperactividade das paratireóideas,  o cálcio sobe no sangue (hipercalcemia) e pode conduzir a uma doença com manifestações ósseas – a chamada «osteíte fibroquística», ou doença de Recklinghausen.

Em caso de insuficiência, é útil a administração de parathormana, vitamida D e  cálcio. Nas situações de hiperparatireoidismo,, torna-se necessária a extipação de uma ou mais glândulas paratireóideas.