Genéricos

6 Out, 2012

O nome genérico de um medicamento é a designação que lhe é atribuida pelos químicos, de acordo com certas regras de nomenclatura aceites internacionalmente. Os nomes genéricos não podem ser patenteados nem registados. Baseados na estrutura e composição químicas do composto, são frequentemente muito extensos e difíceis de fixar e de pronunciar. Por esse motivo, os laboratórios farmacêuticos são autorizados a registar medicamentos com nomes curtos e fáceis de memorizar, os nomes comerciais. Um medicamento prescrito e vendido com o seu nome genérico, é geralmente mais barato do que quando adquirido como especialidade farmacêutica, porque os seus fabricantes, ao terminar a proteção da patente, não precisam investir em pesquisas.