Febre reumática sintomas

20 Set, 2012

A febre reumática é uma doença provocada por uma bactéria (estreptococo) e geralmente caraterizada por febre e edema articular. A febre reumática, que afeta sobretudo as crianças e os jovens, constitui a causa da maior parte das lesões das válvulas cardíacas.

Na febre reumática, as membranas interiores do coração e as válvulas cardíacas ficam inflamadas. Uma vez curada a doença, as válvulas podem apresentar-se mais espessas, devido ao aparecimento de tecidos de cicatrziação, ou podem mesmo ficar destruídas. Nestes casos, durante a auscultação com o estetoscópio, o médico ouve sopros cardíacos quando o sangue passa através das válvulas lesadas.

CAUSAS: Muitas vezes, a febre reumática ocorre como complicação de outras infeções causadas por estreptococos, como a amigdalite e a escarlatina.

SINTOMAS: A febre pode atingir os 40º C e manter-se durante duas semanas, ou mais. As articulações dos pulmões, cotovelos, joelhos e tornozelos tornam-se avermelhadas, intumescidas e dolorosas. São frequentes as hemorragias nasais e as erupções cutâneas. A respiração difícil e o pulso fraco indicam lesão cardíaca. Mais tarde, pode também, manifestar-se a «doença de S. Vito».

No entanto, os sintomas variam consideravelmente de caso para caso. Muitas vezes, apresentam-se tão ligeiros que a doença passa despercebida.

TRATAMENTO; A aspirina é utilizada para aliviar o edema e as dores articulares. Para cambater a inflamação , pode-se recorrer à cortisona. Torna-se indispensável o repouso no leito até ao completo restabelecimento da doença. A penicilina continua a ser um importante meio terapêutico desta afeção.

As crises de febre reumática podem repetir-se, pelo que é necessário evitar o aparecimento de infeções estreptocócicas ulteriores. Mediante vigilância médica adequada, uma criança com lesão cardíaca pode levar uma vida normal e ativa.