Enfisema

6 Nov, 2012

Enfisema é uma doença, em que os alvéolos pulmonares estão aumentados. Nos casos graves, verifica-se dificuldades respiratórias. O enfisema é geralmente um estado crónico, não contagioso.

CAUSAS:  Os pulmões contêm milhares de sacos de ar conhecidos por «alvéolos». Os alvéolos recebem o anidrido carbónico do sangue e trocam-no por oxigénio que chega aos pulmões durante a respiraçao. No caso de enfisema, os alvéolos perdem a sua elasticidade, distendem-se e já não podem funcionar com eficiência, pelo que o sangue tende a ficar saturado de anidrido carbónico. Além disso, pode produzir-se um muco que obstrui os estreitos canais de ar (bronquíolos) que conduzem aos alvéolos.

SINTOMAS: Podem ser bastante variáveis. As pessoas cuja doença se apresenta sob uma forma ligeira podem desconhecer a sua existência. Em casos graves, os sintomas traduzem-se por dificuldade respiratória, pele cianosada e uma tosse crónica, acompnhada de expetoração viscosa. Á medida que o estado se agrava, o doente tem mais dificuldade em respirar.

TRATAMENTO: É possível impedir a progressão da doença, embora não exista um tratamento específico. As pessoas que apresentam propensão para bronquite ou asma devem estar constantemente sob contrôle médico. Se habitam numa área poluída, deverão consultar o médico acerca da possibilidade de mudarem de residência. As pessoas que, tendo o hábito de fumar, devem eliminá-lo, podem, com esta medida, evitar a progressão da doença.

Os medicamentos usados nestes casos são eficazes para a diminuir as secreções que obstruem os pulmões e os exercícios respiratórios podem ajudar a aumentar a capacidade pulmonar reduzida.