Doença de Hodgkin

4 Out, 2012

Dênça de Hodgkin é uma doença que ataca os gânglios linfáticos, o baço, o figado, a medula óssea e, por vezes, outros tecidos. A doença de Hodgkin, cujas causas não são conhecidas, atinge habitualmente os adultos com menos de quarenta anos, embora se possa manifestar-se em qualquer idade.

O primeiro sintoma da doença consiste no aumento de volume dos gânglios linfáticos do pescoço, das axilas e das virilhas, frequentemente acompanhado de excesso pruido. A intumescência desses gânglios acompanha também outras perturbações menos graves. No entanto, se persistir para além de uma semana, torna-se necessário consultar o médico. O diagnóstico da doença faz-se por meio de uma biopsía (remoção e exame ao microscópio de uma porção de tecido afetado).

À medida que a doença progride, surgem febre, suores, sensação de fraqueza, anemia, perda de peso e uma crescente diminuição da resistência às infeções.

TRATAMENTO: O principal tratamento da doença de Hodgkin consiste na aplicação de radiações, por vezes secundado pela administração de compostos químicos, como a quimioterapia. Em muitos casos, mediante tratamento adequado, esta doença pode ser controlada durante alguns anos. O tratamento iniciado nas primeiras fazes da doença pode fazer desaparecer todos os sintomas.