Difteria

22 Out, 2012

A difteria é uma doença grave e contagiosa, causada por um bacilo. A infeção diftérica inicia-se na parte superior do aparelho respiratório, produzindo sintomas idênticos aos da constipação vulgar, tais como dores de garganta, febre, mal estar geral e fraqueza. Forma-se na garganta uma membrana acinzentada, que dificulta a passagem do ar. À medida que se multiplicam, os bacilos produzem uma poderosa toxina que se dissemina pelo organismo através da circulação. Etretanto aparecem febre alta e prostação.

TRATAMENTO E PREVENÇÃO: A administração rápida de antitoxinas e o repouso absoluto na cama são necessários ao restabelecimento.

A doença é transmitida por pessoas aparentemente saudáveis, assim como por indivíduos gravemente doentes. Antigamente, era uma das afeções mais frequentes na infância. Por meio de um programa de imunização estabelecido pelos serviços de saúde pública, a difteria é hoje rara no mundo civilizado. Deve-se vacinar as crianças muito cedo. Por intermédio de um teste cutâneo muito simples, o teste de Shick, pode-se saber se a pessoa é suscetível ou imune à infeção provocada pelo bacilo diftérico. A vacina antidiftérica faz parte da triplice, de aplicação obrigatória.