Desmaio

3 Out, 2012

Desmaio é a perda de consciência, geralmente por um breve período de tempo. O desmaio é normalmente provocado por uma diminuição da quantidade do sangue, e portanto de oxigénio, que chega ao cérebro. O termo médico para designar o desmaio é «lipotimia».

O desmaio é precedido de determinados sintomas, como sensação de desfalecimento, fraqueza e acentuada palidez ou ainda uma impressão de adormecimento. Para provocar a afluência de oxigénio ao cérebro, deve-se sentar imediatamente a vítima, afastar-lhe as pernas e dobrar-lhe o tronco até que a cabeça fique entre os joelhos. Deve-se mantê-la nesta posição durante alguns minutos e em seguida levantá-la. Como alternativa, se houver uma cama, deve-se deitar a pessoa que se sinta desfalecer.

Se a vítima chega a desmaiar, deve ser deitada de costas, com as pernas elevadas acima do nível da cabeça. É conveniente desapertar as peças de roupa que possam constrangê-la. Se a pessoa estiver dentro de casa, é necessário abrir a janela do quarto onde se encontra, para facilitar a circulação do ar. Nunca se deve obrigar uma pessoa que está inconsciente a ingerir qualquer bebida. Se for possível utilizar vapores ou sais de amónia, estes devem ser colocados sob o nariz. Caso contrário, pode-se também deitar água fria na cara. Ela recuperará a consciência dentro de alguns minutos.

Depois de recobrar a consciência , a pessoa que sofreu o desmaio deve ainda conservar-se deitada durante dez minutos, após o que deverá levantar-se lentamente. Se o doente permanecer inconsciente, pode estar em causa mais que um simples desmaio, pelo que é necessário chamar o médico sem demora.