Como reduzir os riscos de cancro

24 Out, 2012

Se tem antecedentes familiares de cancro, é importante que adapte o seu sistema alimentar e o seu estilo de vida, de modo a diminuír os risco de contraír esta doença grave. Isso pode ser feito evitando os agentes cancerígenos, modificando o seu estilo de vida e, ou uma intervenção médica antecipada.

Se é fumador, deixe de fumar quanto antes, pois os fumadores com mais de 40 anos têm duas vezes mais probalidades de contraír cancro do pulmão, do que os não fumadores. A probabilidade do aparecimento do cancro aumenta com a idade e com a quantidade de tabaco que fuma.

Deve evitar ou limitar o consumo de bebidas alcoólicas, porque alguns estudos demonstraram que o consumo de bebidas alcoólicas aumenta a probabilidade do aparecimento de alguns cancros.

Outro estilo de vida e fatores ambientais podem contribuir para o aparecimento do cancro, tais como certas doenças transmitidas sexualmente. A exposição a radiações ultravioleta, certos riscos profissionais, viver em zonas com o ambiente muito poluído, tais como as grandes cidades populacionais, em que o fumo e gases das indústria e dos automóveis, poluem o ar que se respira e também o contacto com produtos químicos.

Controle o seu peso, mantenha-o estável de acordo com a sua altura, se tem peso a mais faça exercício físico regularmente, pois contribui para a diminuição do aparecimento de vários tipos de cancro, tais como o da próstata, do cólon rectal e da mama.

A mulher sempre que tenha possíbilidade deve amamentar o seu bébe, pois estudos feitos revelaram que por cada ano de amamentação, a ocorrência do cancro da mama desce em 4 por cento, mais 7 por cento por cada filho que a mulher tenha tido.

Lave sempre os legumes e a fruta, pois a lavagem ajuda a eliminar os radicais livres, os fertilizantes e os nitratos. Ingira muita fibra, muitos legumes e fruta de preferência biológica.

ALGUNS ALIMENTOS ANTICANCERÍGENOS: Bróculos, couve flor, repolho, cenouras, abóbora, manga,tomate, morangos, framboesas, trigo, arroz, cevada, castanha do maranhão, linhaça, chá preto e verde.

Evite comer carnes vermelhas, principalmente vaca e porco, borrego e pato, dando preferência antes ao consumo de carnes brancas, como frango, peru e coelho.