Coccideoidomicose

17 Out, 2012

Coccideoidomicose é uma doença causada pela inalação de um minúsculo fungo transportado pelo ar. Este fungo desenvolve-se no solo de determinadas regiões secas. A suscetibilidade a esta doença varia grandemente e, por vezes, os seus sintomas são tão ligeiros que passam despercebidos. Noutros casos, os sintomas, cuja intensidade é variável, manifestam-se dez a trinta dias depois da inalação do fungo. Aparecem arrepios, febre, inflamação do aparelho respiratório, dores musculares, dores de cabeça, dores nas costas e abaixo das costelas. Na maior parte dos casos, consegue-se melhoras apenas com repouso na cama, sem qualquer outro tratamento. Contudo, numa pequena percentagem de casos, a doença torna-se progressivamente mais grave. O fungo destrói o tecido pulmonar e produz lesões que, nas radiografias, se confundem com sinais de tuberculose ou de tumor maligno do pulmão. Além dos pulmões, qualquer outro órgão pode também ser atingido.

Quaisquer que sejam os sintomas, o médico só poderá ter a certeza de estar em pressença desta doença depois de proceder a uma série de análises laboratoriais do soro sanguíneo do doente, assim como o exame microscópico da expetoração e dos tecidos afetados. Uma vez devidamente diagnosticada, inicia-se o combate à doença por meio de um tratamento com um antibiótico. Este tratamento deve ser realizado, sob contrôle médico, num hospital.