Chupeta sim ou não?

25 Jul, 2011

Como em tudo na vida há prós e contras e aqui também não é excepção.

Se incutiu no seu filho o vício da chupeta e agora não sabe como tirá-la, não se sinta culpada, lembre-se que através desse objecto lhe proporcionou muitos momentos de prazer.

O que acontece é que muitas vezes quando o bebé chora e o desespero e insegurança da mãe é maior do que o do bebé. Esta quer rapidamente acabar com o choro e nem se lembra que pouco mais do que isso ele sabe fazer, quando muito pequenino. É  então quando tenta e não consegue acabar com a choradeira que experimenta e insiste  em dar a chupeta. Para o pequenito, como a sucção é uma forma de sobrevivência, através da alimentação, ele fica confundido e consegue através da sucção não nutricional sentir algum prazer.

Se optar por dar a chupeta ao bebé,  escolha junto com o seu farmacêutico uma anatómica, de forma a que prejudique o menos possível a boca e mais tarde a dentição da criança. Depois, será o pimpolho o último a aprovar ou não a chupeta escolhida, que poderá ser uma de muitas que irá experimentar até acertar na sua preferida.