Canhoto

17 Out, 2012

Não está provado que esta caraterística seja hereditária. No entanto, não é raro verificar diversos casos de pessoas sinistras na mesma família. Frequentemente, uma criança que escreve e executa diversas tarefas com a mão esquerda consegue realizar outras com perfeição servindo-se da mão direita. Esta caraterística apresenta menor incidência entre os indivíduos do sexo feminino.

Nos dois primeiros anos de idade, a criança não utiliza mais uma mão do que a outra. Mais tarde, passa a preferir uma das mãos ou a alternar a sua preferência. Geralmente, ao atingir a idade escolar está bem definido o uso predominante de uma das mãos. Com frequência, o indivíduo canhoto também utiliza mais o pé esquerdo.

Como a maioria das pessoas se serve mais da mão direita, a sociedade está mais adaptada aos indivíduos não canhotos. Antigamente, era costume obrigar as crianças canhotas a servirem-se da mão direita,  o que por vezes lhes provocava problemas emocionais ou defeitos na fala. Hoje, defende-se o ponto de vista de que se deve permitir à criança o uso da mão que preferir.