Bloqueio

17 Out, 2012

Bloqueio é qualquer interrupção de uma função normal. O bloqueio de nervo, operação que se destina a evitar a sensação de dor numa área específica do organismo, consiste na injeção de um anestésico num nervo, no ponto em que as suas ramificações se dirigem para essa área. O bloqueio da medula refere-se habitualmente à injeção, na medula espinal, de um anestésico que anula as dores de todas as partes do corpo situadas abaixo do ponto em que o anestésico foi injetado.

O «bloqueio da fala» e o «bloqueio mental» pertencem ao domínio da psiquiatria. Em psiquiatria, «bloqueio» significa a paragem súbita do curso do pensamento. O bloqueio é um dos sintomas caraterísticos da esquizofrenia,doença mental grave. O esquizofrénico passa repentinamente de uma ideia para outra que não tem qualquer relação com o que estava anteriormente a pensar e a falar, ou então pára simplismente de falar (e, presumivelmente, de pensar), sem retomar qualquer outro assunto. O bloqueio, neste caso extremo, chama-se obstrução.

A palavra «bloqueio» é frequentemente utilizada na linguagem corrente, para designar alterações cardíacas em que os estímulos para o miocárdio não podem passar completamente. É ainda usada com o significado de imobilização (de uma articulação, por exemplo, no caso de bloqueio intermaxilar).