As crianças e a mentira

20 Ago, 2011

As crianças pequenas, criam nas suas cabeças comportamentos de fantasia, que as podem levar a hábitos de mentira e  que impedem o seu convívio com colegas da mesma idade. Quando a mentira é usada antes dos seis anos de idade, raras vezes e como situação de desculpa isolada, não deve ser encarada como motivo de preocupação para os pais, mas quando se torna rotina, é verdadeiramente preocupante, porque não existe limite e nunca se sabe quando estão a falar verdade ou mentira, podendo por vezes distorcer os assuntos à medida que mais lhes convem, criando  conflitos entre família e escola.

A partir dos sete anos de idade, a criança já tem discernimento suficiente para saber que inventar é um comportamento errado e é aqui que a família tem que agir, porque caso contrário vai-se formar um ser inseguro, sem regras que merece castigo pela parte dos pais, caso não acate as suas repreensões. É melhor actuar logo do que ignorar e fazer de conta. Seja rígido nesta fase e não permita mentiras. Mais tarde vai agradecer-lhe!