Alimentação na gravidez

17 Jul, 2012

Nas primeiras semanas de gravidez, em especial quando sofre de enjoo matinal, a mulher pode perder alguns quilos. Passada a fase inicial, começará a aumentar de peso.

Para uma mulher de peso normal, o aumento de peso ideal, no fim da gravidez, é de cerca de nove quilos. Quando o seu peso, antes da gravidez, for inferior ao normal, o médico pode recomemdar-lhe que adquira mais alguns quilos. Do mesmo modo, quando for excessivo, poderá prescrever-lhe uma dieta para emagrecer.

A mulher grávida necessita de controlar muito bem a sua alimentação, consumindo uma média de 2200 calorias por dia, durante o segundo e o terceiro trimestres. No entanto, deve obtê-las essencialmente de carne, peixe, legumes frescos e frutas, e o menos possível de farináceos, gorduras e açúcares. Assim, deverá restringir o consumo de pão, arroz, massa, batata, doces e manteiga.

A maior parte dos nutricionistas considera que a mulher grávida necessita de mais do dobro das proteínas que a mulher não grávida.

A mulher grávida pode sentir um forte desejo de determinados alimentos, mesmo que não sejam habitualmente do seu agrado. É claro que não lhe fará mal satisfazer esse desejo, mas, se o não satisfazer, também é evidente que daí não resultará qualquer prejuízo para a sua saúde ou para o bebé.